Alternativa & Evolução

•Imposto de Renda (PF e PJ)
•Abertura, Transferência e Encerramento de Empresas
•Assessoria Contábil, Trabalhista e Fiscal
•Assessoria Jurídica

Mapa do site
 
 
e e e
 
Vídeo Institucional
 
e   e
e e e
 
 
e   e
e e e
 
Ultimas Noticias Últimas Noticias

Ultimas Noticias Artigos

Ultimas Noticias Legislação
 
e   e
e e e
 
Receba Novidades
 
e   e
e e e
  A - A +
  Imprima esta noticia
QUEM ESTá SUJEITO A RETENçãO NA FONTE DO PIS/COFINS/CSLL (4,65%)
Os pagamentos efetuados pelas pessoas jurídicas de direito privado a outras pessoas jurídicas de direito privado, pela prestação de serviços de limpeza, conservação, manutenção, segurança, vigilância, transporte de valores e locação de mão-de-obra, pela prestação de serviços de assessoria creditícia, mercadológica, gestão de crédito, seleção e riscos, administração de contas a pagar e a receber, bem como pela remuneração de serviços profissionais, estão sujeitos à retenção na fonte da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) e da Contribuição para o PIS/Pasep.

§ 1º O disposto neste artigo aplica-se inclusive aos pagamentos efetuados por:

I - associações, inclusive entidades sindicais, federações, confederações, centrais sindicais e serviços sociais autônomos;
II - sociedades simples, inclusive sociedades cooperativas;
III – fundações de direito privado;
IV - condomínios edilícios.
§ 2º Para fins do disposto neste artigo, entende-se como serviços:

I - de limpeza, conservação ou zeladoria os serviços de varrição, lavagem, enceramento, desinfecção, higienização, desentupimento, dedetização, desinsetização, imunização, desratização ou outros serviços destinados a manter a higiene, o asseio ou a conservação de praias, jardins, rodovias, monumentos, edificações, instalações, dependências, logradouros, vias públicas, pátios ou de áreas de uso comum;
II - de manutenção todo e qualquer serviço de manutenção ou conservação de edificações, instalações, máquinas, veículos automotores, embarcações, aeronaves, aparelhos, equipamentos, motores, elevadores ou de qualquer bem, quando destinadas a mantê-los em condições eficientes de operação, exceto se a manutenção for feita em caráter isolado, como um mero conserto de um bem defeituoso;
III - de segurança e/ou vigilância os serviços que tenham por finalidade a garantia da integridade física de pessoas ou a preservação de valores e de bens patrimoniais, inclusive escolta de veículos de transporte de pessoas ou cargas;
IV - profissionais aqueles relacionados no § 1º do art. 647 do Decreto nº 3.000, de 26 de março de 1999 - Regulamento do Imposto de Renda (RIR/1999), inclusive quando prestados por cooperativas ou associações profissionais, aplicando-se, para fins da retenção das contribuições, os mesmos critérios de interpretação adotados em atos normativos expedidos pela Secretaria da Receita Federal para a retenção do imposto de renda.

§ 3º É dispensada a retenção para pagamento de valor igual ou inferior a R$ 5.000,00 (cinco mil reais).

§ 4º Ocorrendo mais de um pagamento no mesmo mês à mesma pessoa jurídica, a cada pagamento deverá ser:

I - efetuada a soma de todos os valores pagos no mês;
II - calculado o valor a ser retido sobre o montante obtido na forma do inciso I deste parágrafo, desde que este ultrapasse o limite de que trata o § 3º, devendo ser deduzidos os valores retidos anteriormente no mesmo mês;

§ 5º Na hipótese do § 4º, caso a retenção a ser efetuada seja superior ao valor a ser pago, a retenção será efetuada até o limite deste.

§ 6º Não estão obrigadas a efetuar a retenção a que se refere o caput, as pessoas jurídicas optantes pelo Regime Especial Unificado de Arrecadação de Tributos e Contribuições devidos pelas Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Simples Nacional).(Redação dada pela IN RFB nº 1.151, de 3 de maio de 2011)

§ 7º As retenções de que trata o caput serão efetuadas:

I - sem prejuízo da retenção do imposto de renda na fonte das pessoas jurídicas sujeitas a alíquotas específicas previstas na legislação;
II - sobre qualquer forma de pagamento, inclusive os pagamentos antecipados por conta de prestação de serviços para entrega futura.

§ 8º O disposto neste artigo não se aplica: (Redação dada pela IN RFB nº 1.151, de 3 de maio de 2011)

I - às entidades da administração pública federal de que trata o art. 34 da Lei nº 10.833, de 29 de dezembro de 2003, bem como aos órgãos, autarquias e fundações dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios; e (Incluído pela IN RFB nº 1.151, de 3 de maio de 2011)

II - aos pagamentos efetuados pelos fundos de investimento autorizados pela Comissão de Valores Mobiliários. (Incluído pela IN RFB nº 1.151, de 3 de maio de 2011)

§ 9º A retenção sobre os serviços de assessoria creditícia, mercadológica, gestão de crédito, seleção e riscos, administração de contas a pagar e a receber, aplica-se, inclusive quando tais serviços forem prestados por empresa de factoring.

§ 10. Para fins do disposto neste artigo, a empresa prestadora do serviço deverá informar no documento fiscal o valor correspondente à retenção das contribuições incidentes sobre a operação.

Fonte: Instrução Normativa SRF nº 459/2004
Autor: Admin
 
e   e
e e e   e e e
 
Seja nosso cliente
    Documentos necessários  
Seja nosso cliente
Venha você também fazer parte do nosso grupo de clientes, que confiam em nosso trabalho executado com dedicação e responsabilidade para que sua empresa esteja sempre em dia com as obrigações Contábeis, Fiscais e Trabalhistas. Visite-nos e faça orçamento sem compromisso.
Documentos necessarios
e   e e   e
 
 
Localize-nos no mapa
   
Noticias + RecentesNotícias Recentes
08/11/2016 - Aprovado a Lei Complementar 155/2016 que alteras as regras do Simples Nacional a partir de 2018

24/08/2015 - Programa de geracao da DITR ja esta disponivel

03/07/2015 - Mudança na regra de retenção das contribuições sociais (4,65%)

11/05/2015 - PIS E COFINS - AUMENTO DAS ALíQUOTAS NA IMPORTAçãO

24/03/2015 - VERSãO 2.0 DA NF-E SERá DESATIVADA A PARTIR DE 01/04/2015

 
Localizacao no mapa
Clique aqui
   
 

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

 
 
e e e
  Central do Cliente  
 
e e e
  Últimas Cotações  

e   e
Indique este site para um amigo ALTERNATIVA & EVOLUÇÃO
Rua Francisco Silva Pires, Nº 35 no Bairro Sud Menuci, Cidade de Mogi das Cruzes/SP CEP: 08715-120
Tel: (11) 4796-5328 | (11) 4726-1734 | (11) 4726-7277 | (11) 4726-5329 | (11) 4726-5811 | (11) 2312-0253 | (11) 2821-1086
©2012 Alternativa & Evolução - Todos direitos reservados Tempo de Execução: 0.005062 segundos